Archive for Junho 2013

Do que adianta ver uma porrada de Animes, se você não está se divertindo?


Com o surgimento da "banda larga" no Brasil, o publico otaku e pessoas que gostam de japonezices, conseguiram ter maior facilidade para obter os seus desenhos.

Quem não se lembra da época, onde ficamos a merce apenas da TV para assistir algum anime que gostávamos e que a quantidade de material era bastante escassa em relação ao que temos hoje? Com a internet temos o anime e manga que bem entendermos, basta chegar num fansub ou num site em especifico e baixarmos o que bem entendermos sem limitações ou ter que esperar em determinado horário para assistir.

Mas como a internet não é só download, mas também uma forma de você expressar sua opinião; pra isso serve as redes sociais e blogs. Você acaba acompanhando mais animes para ficar por dentro do assunto e acaba comentando e lendo mais forums e blogs, quando você menos percebe você está tão bombardeado que o que seria diversão, acaba se tornando muitas vezes algo cansativo para quem acompanha.

É bom conversar sobre um tema em especifico, se reunir com os amigos e conversar desde a um filme que está passando no cinema, sobre trollada que o Xbox One tomou na E3, ou simplesmente falar que não foi apenas por 20 centavos.

Mas enquanto com os amigos você passa alguns minutos, na internet esse tempo de discussão pode ser ampliado para 24 horas. Ai você pergunta "O que redes sociais e a internet no geral tem a ver com anime?", muita coisa. Antes de você ver um anime, você  basicamente pesquisa na internet e da uma lida nas suas redes sociais e blogs para buscar informações e a partir desse momento você já está sendo bombardeado.


Ter informações e discutir é algo bom, mas até quando isso se torna cansativo e ate mesmo irritante? Com a quantidade de anime que chega a cada 3 em 3 meses, você alguma vez deixou de ver determinado anime, por ser de uma temporada anterior? Mesmo esse anime sendo bom, você deixou de assistir pelo fato dele não ser mais motivo de assunto, e se você perder tempo com ele não vai conseguir acompanhar a nova temporada e vai deixar de estar atualizado sobre os novos animes. Logo você vai estar fora do assunto que está sendo abordado nos blogs e redes sociais.

Pode não parecer, mas muita gente que tem os animes como hooby acaba passando por esse tipo de sintoma. E isso não acontece só com animes, acontece com series americanas, filmes, jogos e cia. Quantas pessoas não assistem filme "filmado do cinema" só para dizer na internet que assistiu e fazer parte do assunto? Acredite muita gente faz isso.

O pessoal se preocupa tanto com os lançamentos de animes, que acaba não vendo que tem muita coisa boa ao seu redor. Da mesma forma que um anime modinha de temporada é logo esquecido assim que chega uma nova temporada, e logo um novo anime modinha chega para as pessoas terem assunto para debater. Esse é um comportamento tipico na internet, da mesma forma que muita gente fica assistindo Game of Thrones e gosta de comentar sobre ele, tem muitos que estão assistindo Shingeki no Kyojin e gostam de falar sobre sua experiencia em cada episodio na internet.

Isso é ruim? Não, é bom afinal blogs e redes sociais são um entretenimento assim como assistir anime também é, os dois se completam. O intuito da postagem não é criticar esse comportamento e sim falar dos excessos.

Como nunca me preocupei em reportar tudo que acontece no entretenimento japonês, e sim o que eu acho relevante e que o leitor vai gostar, nunca senti o impacto do bombardeio do entretenimento. Porém vejo isso acontecendo muito em blogueiros e pessoas muito apaixonadas pelo anime e manga. A ponto delas prejudicarem sua vida social: eles mesmos falam isso.


Na minha opinião anime e manga é uma diversão,assim como blogs e redes sociais. E como diversão é algo de segundo plano e primeiro vem as obrigações, isso é algo reservado para os momentos de lazer. Mas a partir do ponto que você faz isso como uma obrigação para estar dentro do assunto e não ficar desatualizado isso deixa de ser diversão e se torna uma obrigação.

Do que adianta você assistir 5 a 10 animes da temporada, onde na maioria deles não está nem te divertindo? Você tem como ver todos os animes que chegam, mas não é necessário ver tudo, desde que claro você goste de assistir e todos eles estão se divertindo. E tem aqueles que assistem uma porrada de animes para se sentir mais otaku que outros.

Porém na minha opinião o objetivo de se assistir um anime é entreter e divertir. Se isso não está divertindo então tem uma coisa errada nisso. Acho esse um assunto que da uma boa discussão, afinal cada um tem sua forma de acompanhar um anime, gostaria de ouvir uma segunda opinião a respeito desse comportamento entre os otakus.

Na sua opinião ver uma porrada de animes, para ficar por dentro do assunto dos blogs e redes sociais é algo prejudicial? Ou isso é algo que faz parte da diversão dos otakus?

Posted in | 10 Comments

Novo jogo de Hyperdimension Neptunia para PS Vita


A Compile Heart abriu um teaser site para o seu futuro jogo de Hyperdimension Neptunia para o PS Vita.

Provavelmente esse jogo para PS Vita vai ser um remake do primeiro jogo da franquia, justamente pelo nome do novo jogo Hyperdimension Neptunia Re;Birth 1. Com o anime chegando ai, nada mais normal da Compile Heart pegar os novos fãs, fazendo lançamento de novos jogos da franquia.

A Compile Heart costuma fazer visual novels, mas tambem faz JRPG como: Record of Agarest War, Hyperdimension Neptunia e Mugen Souls. Esses jogos já tem versão em inglês e como da para reparar eles pegam elementos de visual novel e eroge em seus jogos.

 O anime vai chegar nessa temporada de julho, e provavelmente vai ser o moe da temporada.


Posted in , | Leave a comment

Dragon Quest X chegando para o PC


O MMORPG da Square Enix que deu certo "Dragon Quest X" vai finalmente chegar para o PC. A data foi confirmada para sair no dia 26 de setembro no Japão; o jogo vai ser vendido tanto na forma física quanto na forma digital.

Assim como no Final Fantasy XI e XIV o jogo exige assinatura mensal para jogar, alem de exigir um bom hardware de seu computador. Apesar do Dragon Quest X apresentar um gráfico mais leve, com um lado mais cartoonesco, para o jogo ficar bonito com gráficos mais simples. A ideia da Square Enix provavelmente é pegar um publico maior, fazendo assim um jogo mais leve para que pessoas com computadores mais simples também possam jogar.

Em caso de duvidas, no site oficial do jogo tem um arquivo benchmark para você ver como vai se comportar o seu PC, caso esteja jogando o jogo. Dragon Quest é um JRPG muito popular no Japão, onde até hoje manteve o seu gameplay padrão ate os tempos atuais; o ultimo jogo da franquia foi lançado para nintendo ds. Assim como em todos os jogos, o desenhista do é Akira Toriyama, não é a toa que o desenho dos personagens lembra um pouco Dragon Ball.

Dragon Quest é um dos meus JRPGs favoritos. Tem uma jogabilidade simples de entender, porém é um jogo que exige um certo tempo de dedicação, alem de ter um bom nível de dificuldade, onde aumenta bastante o desafio. Para muitos o jogo pode não agradar muito em termos de "diversão" em relação a outros JRPG, o jogo explora mais o desafio.

Gostaria muito de ver esse jogo no ocidente em inglês para o publico ocidental jogar. Seria uma experiencia muito boa, principalmente para quem não é fã da franquia de Dragon Quest.

Posted in , | 1 Comment

Empresa de Eroge "Teatime" vai a falência.


Num mercado competitivo como o de eroge, é normal ver algumas empresas falindo depois de baixas vendas.

A vitima da vez é a empresa Teatime que junta com a Fulltime que é subsidiaria, ambas caem no buraco da falência. Um dos jogos mais recentes da Fulltime foi o jogo UNDEROID, onde é um shotter em terceira pessoa. A empresa existe desde 2001, e com muito pesar eles anunciam seu ultimo jogo "Rabu Death Final" que chega no dia 28 de junho.

Porém com a falência, o suporte a seus jogos vão ser transferidos para empresa Illusion: que foi responsável pelo polemico jogo Rapelay. Eroge 3D sempre foi jogos feitos numa quantidade menor, e seu publico não é tão grande quanto o de visual novel. Apesar que até hoje a Illusion tem um forte publico com seus jogos.





Posted in , | 4 Comments

12 no Tsuki no Eve. O novo jogo da Minori.


O novo projeto da Minori foi anunciado. A visual novel se chama "12 no Tsuki no Eve" onde no momento não tem data de lançamento definida.

Ultimamente a empresa não anda conseguindo uma quantidade de vendas tão boa quanto antigamente, fazendo assim ela ter muitos gastos, já que seus jogos investe muito em CGs de alta qualidade. Mas a empresa vai continuar investindo em CGs, e já mostra isso com as primeiras imagens que disponibilizou de seu novo jogo.

O pouco que foi divulgado da historia é que é sobre viagem no tempo. A heroína principal da historia veio do futuro com o objetivo de achar a cura de sua doença, fazendo assim todo o plot da historia ser desenrolado através desse tema. Mas no fim acaba sendo um motivo de desculpa para o protagonista ter o seu harem construído e decidir qual heroína da historia ele vai acasalar.

Como é de costume a Minori sempre apresentar um drama com alguns elementos de sobrenatural em suas historias. Então provavelmente esse jogo vai apresentar esses elementos no desenvolvimento da historia.

Posted in | 1 Comment

Walkure Romanze vai ganhar anime.


A visual novel Walkure Romanze teve um anuncio de futura adaptação para anime. A empresa do jogo é a Ricotta, onde é da mesma criadora da visual novel Princess Lover! que ganhou tanto um anime, quanto uma versão hentai.

A visual novel tem o velho e repetitivo elemento chamado "escolinha", só que nessa escola é focada no esporte. Então quem gosta de heroínas com armadura, isso é bem explorado no jogo. E como um anime não vem sem o anuncio de um jogo novo, a Ricotta está fazendo um fandisk que vai sair em outubro deste ano o Walkure Romanze More&More.

Pra quem gostou do anime de Princess Lover provavelmente vai se habituar ao universo de Walkure Romanze. Ambos pegam os elementos de fantasia medieval, com garotas extremamente endeusadas e com um protagonista homem completamente genérico.

Posted in , | 1 Comment

O JRPG é um mestre que fala mas que não responde.


Dizem que com um livro você vive a historia de outra pessoa, com o RPG Japonês é a mesma coisa; com a única diferença que interagimos na historia.

RPG Japonês (conhecido também como JRPG) é o estilo de RPG feito no Japão, porém com a sua cultura e estilos de jogos, eles apresentam um desenrolar diferente dos jogos de RPG ocidentais. Tem críticos que falam que JRPG não é um RPG por não te dar a possibilidade do Role Playing, onde seria você ter a possibilidade de determinar a criação e o caminho de seu personagem.

Basicamente num JRPG você segue uma historia predefinida, mas eles tem os elementos de qualquer RPG, como: evolução do personagem, menus, magias, representação dos seus pontos de vida e mana, entre outros. Porém chegamos num empasse onde um RPG eletrônico em si nunca vai ser tão aberto e livre quanto você jogar um RPG de mesa com seus amigos.

O RPG ocidental por mais que apresente um Role Playing com mundo aberto que nem Skyrim, ele não pode apresentar uma liberdade total no plot. Na minha opinião tanto o RPG ocidental quanto o oriental (o JRPG) tem suas características e estilos de jogos que pode agradar os mais diversos públicos. Determinar qual é mais e menos RPG não vai ser um debate construtivo que vai determinar qual vai ser o melhor estilo de RPG.


Enquanto o RPG ocidental segui mais o lado do RPG de mesa. O JRPG pega mais os elementos para te inserir na historia do mundo e do personagem em que ele está inserido. Alguns o protagonista da historia não fala, enquanto outros ele fala e tem sua própria personalidade. Enquanto outros você tem que salvar o mundo, tem outros onde você é apenas mais uma pessoa no vasto mundo do jogo.

Posso dizer que o JRPG é meu estilo favorito de jogo, gosto do sistema e de como a historia é inserida. Muitos fãs do estilo começaram a experimentar o estilo mais na era do 32 bits com Final Fantasy VII e Chrono Trigger. Mas se você olhar para traz você vai encontrar vários clássicos da era dos 8 bits e 16 bits que na época foram os precursores da popularização do JRPG.

Como a popularização da Sega foi muito boa no Brasil, muitos não tiveram a possibilidade de jogar JRPG. Afinal a Nintendo na época dos 8 bits era conhecida no Japão como o console do RPG. Não é a toa que a venda do Nintendo 8 bits (Nintendinho se preferir) liderava as vendas no Japão. Surgia na Nintendo grandes clássicos como: Dragon Quest (Dragon Warrior no ocidente), Final Fantasy, Mother, Fire Emblem entre outros.


A Sega nunca foi de fazer JRPG, porém nessa época começou com o Phantasy Star para Master System que se tornou um jogo que até hoje ganha novas versões. E na erá do Mega Drive eles lançaram o Shining Force, onde os jogos foram traduzidos para o inglês, mas que infelizmente a franquia Shining não ganha mais versões para o inglês.

Se você gosta do estilo e curte clássicos, você pode encontrar muita coisa boa para jogar. Porém com a passagem do tempo o JRPG tem que se adaptar e evoluir para sobreviver as novas gerações. Muitos dizem que o JRPG não evoluiu bem, e que está morrendo com o tempo. Eu discordo da afirmação. Sabemos que o RPG ocidental ganha força por aqui, afinal é um gênero que tenta pegar o nosso publico, mas como existem fases e mudanças o JRPG também está mudando com o tempo.

Muita gente está acostumado que JRPG é aquele estilo de jogo com muita historia, batalhas aleatórias e em turno. Mas esse estilo tradicional está mudando e apresentando novas alternativas, onde um bom exemplo é Kingdom Hearts.


Kingdom Hearts é um jogo da Square Enix com a Disney que faz crossover com personagens do universo de Final Fantasy com os da Disney. Com uma jogabilidade mais agitada e rápida, alem de uma historia envolvente, conseguiu agradar a gregos e troianos, sendo um jogo muito bem elogiado tanto no ocidente quanto no oriente.

Foi uma aposta ariscada, mas que prova que o JRPG está mais vivo que nunca. Porém temos outros exemplos de jogos bons para jogar: Legend of Heroes: Trails in the Sky, Lost Odyssey, Ni no Kuni, Radiant Historia, Valkyria Chronicles, The World Ends With You, The Last Story, Shin Megami Tensei, Persona, Disgaea.

Logico que não está da mesma forma como na erá de ouro dos JRPG. Graças ao custo dos jogos, muitos embarcaram nos portáteis tanto pelo baixo custo e a facilidade de vender os jogos nessas plataformas. Quem é viciado em JRPG e tem consoles portáteis como: DS, 3DS, PSP e PS Vita sempre vai ter jogo novo para esses portáteis.


Não da para ter todo o acervo de JRPG que chega no Japão. Porém o que chega no ocidente anda agradando muito bem o publico que gosta desse tipo de jogo. No fim da década passada o JRPG passou por uma fase ruim, mas no inicio dessa década eles foram se reerguendo no ocidente e apresentando cada vez mais jogos.

JRPG pelo menos pra min, é meu estilo favorito de jogo. Porém assim como o RPG ocidental e o japonês ele é feito para agradar o seu publico, e sempre vai existir pessoas que gostam e não gostam de determinado tipo de jogo. Na sua opinião o que você acha dos JRPG? Atualmente os JRPG andam agradando, ou esse estilo de jogo não te desperta mais interesse?

Posted in , | 9 Comments

Phoenix Wright: Ace Attorney - Dual Destinies. Versão em inglês confirmada.


O que todo mundo esperava aconteceu; o novo jogo de Phoenix Wright vai sair em inglês.

Phoenix Wright é uma franquia forte no ocidente que mesmo não tendo ganhado versões em inglês dos primeiros jogos do GBA, a sua versão de Nintendo DS depois de sua primeira versão para o inglês ter feito sucesso no ocidente, os jogos não deixaram de ser traduzido depois dai.

Esse é o quinto jogo da serie, então para você que nunca jogou o jogo, é bom começar a joga-lo desde os primórdios que pode ser jogado facilmente tendo em posse um Nintendo DS, ou simplesmente rodar o jogo num emulador (Desmune de preferencia) no PC.

O jogo ainda não tem data de lançamento para o ocidente, mas em termos de periodicidade o jogo não deve demorar muito para sair por aqui.



Posted in , | Leave a comment

Fate/kaleid vai ganhar jogo para 3DS.


A franquia da Type-Moon pretende lançar seu novo anime no próximo mês, aproveitando isso ela vai usar todo o poder da animação para vender em cima disso. Desde figures ate cartas colecionáveis e como não poderia deixar de ser, um futuro jogo para o Nintendo 3DS.

Fate/kaleid é um spin-off de Fate/stay night onde é protagonizado pela Illyasviel, só que desta vez nada de servos e mestres, mas sim uma aventura mahou shoujo com a personagem loli da serie. Como qualquer spin-off esse novo anime da Type-Moon não pode ser levado a serio, você deve acompanhar pelo simples prazer de assistir os seus personagens favoritos da franquia num ponto de vista diferente.

Com as poucas screenshots liberadas, tá com cara que vai ser um RPG de turnos onde os personagens nos combates vão ser representados por versões "chibi" do mesmo.





O anime vai ser adaptado dos dois primeiros mangas da serie. O primeiro manga "Fate/kaleid liner Prisma Illya" conta com 2 volumes e 13 capítulos, o segundo manga "Fate/kaleid liner Prisma Illya 2wei!" conta com 6 volumes e 27 capítulos.

Atualmente o "Fate/kaleid liner Prisma Illya 3rei!!" ainda está sendo publicado no Japão. Mesmo sendo um manga spin-off de uma serie famosa como Fate/stay night, ela se mantem firme e forte e sendo publicado desde 2007. Então o publico que lé o manga é bem forte e a Type-Moon não vai deixar de aproveitar o hype do anime, não é a toa que um OVA já foi confirmado para o inicio de 2014.

Para quem curte lolis e garotas fofinhas, o anime vai chegar nessa nova temporada, fique atento. E lembre-se ver lolis só presta ver na versão Blu-Ray.

Posted in , , | Leave a comment

O anime "K" vai ganhar visual novel.


O anime "K" vai entrar na areá de games feito para garotas. Recentemente foi anunciado no evento Otomate onde "K" vai ganhar uma visual novel otome, onde são jogos feito exclusivamente para o publico feminino.

O jogo vai ser produzido por uma empresa subsidiaria da Idea Factory o Otomate. Assim como as outras empresas subsidiarias: Compile Heart e Design Factory. Todas elas fazem jogos para consoles, então esse jogo provavelmente não vai ganhar versão para o PC.

A Idea Factory tem essa politica desde 1994 onde lança visual novels desde a era do Playstation 1 ate os consoles mais modernos que temos hoje em dia. Então ter um de seus jogos traduzidos para o ocidente é algo meio difícil de acontecer, fazendo assim as suas visual novels ficarem restritas apenas para os japoneses.

Posted in , | 1 Comment

BlazBlue: Chrono Phantasma confirmado para o ocidente.



A franquia de jogos de luta "BlazBlue" foi confirmado a data de lançamento para o ocidente, onde no momento vai demorar um pouco para chegar. A versão japonesa vai chegar em outubro deste ano, e a versão ocidental vai chegar em 2014.

Não se tem o mês definido em qual vai ser o lançamento da sua versão ocidental. Esse novo jogo vai sair apenas para o PS3, o console Xbox 360 foi deixado de fora deste novo jogo da franquia, que provavelmente vai ser o ultimo jogo da franquia a lançar no PS3 e o próximo só deve chegar na nova geração.

Para quem compra DLC, foi confirmado que o jogo não vai ter DLC para personagens. Ou seja todos os personagens já estão liberados para você jogar nessa nova versão de BlazBlue.


Posted in | Leave a comment

World End Economica. Visual Novel do mesmo criador de Spice and Wolf que foi traduzida para o inglês oficialmente.


Um grupo doujin chamado Spicy Tails, produziu o seu primeiro jogo chamado World End Economica no segundo semestre de 2011. Para um doujin ele consegue ser muito bem feito não devendo nada a produtores de visual novel profissionais.

A historia da visual novel é de ficção cientifica, onde os seres humanos deixaram a lua habitável para se morar, o protagonista da historia nasceu na lua e todo o plot é desenvolvido nesse lugar fictício. Como o autor dessa visual novel é Isuna Hasekura do mesmo criador de Spice and Wolf, provavelmente ele vai abordar sobre economia e a maneira que as pessoas vivem nesse ambiente que ele criou.






A visual novel também tem elementos de drama, e o jogo é um all-ages, ou seja não vai ter cenas de sexo no jogo. O jogo foi recentemente traduzido para o inglês, mas não foi por fansubs e sim pela DLsite. A DLsite é um site onde empresas podem colocar os seus jogos para serem vendidos em mídia digital (por download).

É muito usado por jogos doujin, mas empresas que tem jogos antigos e não vendem mais a mídia física, aderem ao site para que os jogadores possam comprar a visual novel por um valor bem baixo. A visual novel doujin é dividida em dois capítulos, onde no momento só o primeiro capitulo foi traduzido para o inglês. Para comprar o jogo é só acessar o site abaixo.

link: http://www.dlsite.com/eng/work/=/product_id/RE116688.html

Posted in , , | 2 Comments

Kamiya Yuu. O Mangaka brasileiro de ecchi que faz sucesso no Japão.


Você provavelmente é daqueles que não gosta muito de western manga brasileiro, e o máximo que deve ter lido foi um Holy Avenger por ele apresentar muito elementos de RPG.

Mas assim como muitos leitores do blog, você deve curtir um ecchi básico e deve gostar de um traço bem desenhado e erótico. Se você assistiu um anime chamado "Itsuka Tenma no Kuro Usagi" e gostou do ecchi e do traço, parabéns, você gostou de um trabalho feito por um brasileiro.

Thiago Lucas Furukawa (Kamiya Yuu) foi o primeiro brasileiro a fazer sucesso no Japão como Mangaka. Tudo começou quando ele foi visto na Comiket fazendo trabalhos amadores, a partir dai ele já estreou a sua primeira obra chamada de E.A.r.T.h que foi serializada em 2005 pela Dengeki Comic Gao! onde acabou em 2008.

Porem não acabou ai, no mesmo ano ele começou a serialização de outro manga o Greed Packet Unlimited e foi desenhista da light novel de Itsuka Tenma no Kuro Usagi onde a historia é feita por Kagami Takaya do mesmo que fez a light novel de Densetsu no Yuusha no Densetsu. Em 2011 o Itsuka Tenma no Kuro Usagi ganhou um anime, que não teve um "boom" tão grande mais conseguiu um jogo shotting game para o PSP.


Agora Kamiya Yuu está no seu projeto solo de light novel o "No Game No Life" que começou em 2012 e está fazendo sucesso no Japão, cujo o mesmo já vendeu 500 mil copias. Não acho estranho que futuramente essa light novel ganhe um anime, assim como foi em Itsuka Tenma no Kuro Usagi. A light novel de No Game No Life ganhou um manga em Janeiro deste ano, e o que posso dizer é que achei a historia interessante.

Como estou falando de um mangaka vou aproveitar e falar um pouco de suas obras. Primeiramente vou falar de No Game No Life por apresentar um estilo bem diferente da pegada das light novels e também por ser a obra que esta fazendo mais sucesso de Kamiya Yuu.

Eu li recentemente o manga dele, que no momento só tem dois capítulos e esta sendo serializada pela Comic Alive a mesma de Boku wa Tomodachi ga Sukunai. A historia fala sobre dois irmãos que são mestres em todo tipo de jogo, desde os MMORPGs ate jogo de Xadrez. Um dia eles são enviados a um mundo paralelo pelo deus dos jogos, onde nesse mundo tudo é decidido através de jogos, inclusive as guerras.


Os dois primeiros capítulos é bastante introdução, daria pra fazer um episodio de anime tranquilo com esses dois capítulos. Eu gostei do protagonista desse manga, ele é bem metódico e extrovertido, não sendo mais um cara de cabelo preto que vai a escolinha e fica vermelho quando vê a calcinha das mulheres.

Não tenho muito do que falar do manga, afinal ainda está no inicio. Outro manga que li dele foi o Greed Packet Unlimited, que infelizmente os gringos só traduziram ate o capitulo 4 do manga.

A historia do manga se passa na era atual, onde Casio e sua "irmãzinha" Nokia são caçadores de recompensa, eles lutam contra criaturas chamadas "phantasms" onde são monstros que aparecem na cidade.
O estilo de luta é através de magias invocadas pelo celular com o dinheiro que os personagens principais conseguem matando os monstros eles compram magias e com essas magias eles vão conseguindo ficar mais fortes.


Depois de destruírem a cidade e terem que pagar uma conta que chega a milhões eles são contratados por uma menina rica chamada Sony Ericssion onde ela convida para morar na sua mansão enquanto ela vai pesquisando os monstros novos que vão invadindo a cidade.

Falando um pouco sobre os personagens o Casio é um protagonista mais ao estilo rebelde que esta sempre pronto para uma luta, o que eu gostei desse personagem foi pelo fato dele ser um personagens menos "certinho" como a maioria dos personagens ecchi.

Sua irma sofre de dupla personalidade a primeira personalidade ela age como uma garota boa e gentil a segunda personalidade ela age de maneira violenta, possessiva e psicopática.

Na verdade tive pouco aproveitamento das obras do Kamiya Yuu. A obra que mais vi foi o anime de  Itsuka Tenma no Kuro Usagi. Mais eu gostaria de ver o No Game No Life animado, daria um bom anime para quem curte um ecchi sobrenatural.

Provavelmente vão ter alguns leitores que conhecem o mangaka, mas acredite grande maioria cita as obras dele e não faz a menor ideia de que o mangaka é brasileiro. Achei a postagem boa para abrir os horizontes dos leitores, mostrando que desde que você tenha um bom talento a apresentar, você pode trabalhar no Japão fazendo o que gosta.


Logico que a quantidade de pessoas ocidentais contratados é ínfima, mas empresas como a Shonen Jump já fazem concursos internacionais para mangakas, onde agora você pode enviar o quadrinho com idioma em inglês também.

Mas como o mangaka é de fora é normal ver algumas peculiaridades. A primeira é pouca referencia a mitologia japonesa. Tanto que Itsuka Tenma no Kuro Usagi ele pega referencia ao vampirismo, mas cria o seu próprio mundo com suas regras. Assim como Greed Packet Unlimited e No Game No Life em ambas as obras ele continua usando o elemento sobrenatural para dar liberdade dele fazer sua historia, mas como nas suas obras anteriores ele adiciona certas peculariedades.

Enquanto Greed Packet Unlimited ele coloca os personagens com nomes de celular, no No Game No Life ele é um sobrenatural que pega elementos de RPG Japonês. Enfim para finalizar a postagem vou fazer a velha pergunta de sempre: qual sua opinião?

Você gosta de western manga brasileiro como: Holy Avenger, Ledd e cia, ou não gosta desse tipo de quadrinho. O que você acha das obras de Kamiya Yuu? Consegue lhe agradar ou não sente nenhum interesse pelos mangas e light novels desse autor?



Matéria com o mangaka Kamiya Yuu. A matéria está com o idioma português (com japoneses falando o português errado).

Posted in , , | 9 Comments

Fansub Seiha deixa todos os patch offline.


O fansub Seiha é um grande tradutor de visual novels, responsável por jogos como Galaxy Angel, Kamidori entre outros.

Ele recentemente foi envolvido naquele caso do Kickstarter onde ele colocou a proposta de traduzir o Shoujo Mahou Gaku Little Witch Romanesque com o pagamento de dinheiro para ajudar na tradução. Logicamente ele não tinha a autorização da empresa para fazer isso e teve a proposta removida do Kickstarter.

Agora o fansub Seiha está envolvido em outra polemica, a de deixar todos os seus patch em inglês offline. Ou seja você não pode baixar mais as traduções deles, fazendo assim você ficar sem a traduções de Kamidori, Galaxy Angel e cia.

A minha suposição é que o caso do Kickstarter tenha feito ele ser mal visto, afinal essa noticia saiu em muitos portais dando ao fansub uma visibilidade negativa e provavelmente ele está recebendo e-mails de suposta violação dos direitos autorais. E para evitar problemas ele esta deixando offline as traduções. No momento a única coisa que podemos fazer é presenciar a lenta morte de um bom fansub, que num único vacilo destruiu completamente sua fama.

leia tambem: Fansub ganhando dinheiro com pirataria? Logico que isso não ia dar certo.

link: http://games.seiha.org/viewtopic.php?f=14&t=755

Posted in , | 2 Comments

Final Fantasy IV disponível para Android.




Para aqueles que gostam da franquia Final Fantasy e tem um Android, vai poder ter a possibilidade de jogar esse jogo no seu smartphone.

Final Fantasy IV para smartphones originalmente chegou para iOS no inicio desse ano. Porém agora o jogo finalmente ganhou sua versão Android e como de costume o preço não ajuda muito, custando aproximadamente R$33,70. Para quem gosta de comprar aplicativos no Android esse preço está fora de cogitação para a maioria dos usuários de Android.

Na minha opinião o problema nem é o preço, e sim esse 3D com personagens chibi. Gostaria que o jogo continua-se com aquele 2D melhorado que nem Final Fantasy Dimensions, Chrono Trigger, Final Fantasy I e II. Mas isso é só opinião minha. Caso queira jogar o jogo, recomendo ter um smartphone um pouco potente e com um HD que suporte uns 500 MB de dados.

Links: Android e iOS

Posted in , | 3 Comments

Hatsune Miku: Project Diva F para PS3 foi confirmado para o ocidente.


A Sega já mostrou interesse em lançar o seu jogo Hatsune Miku: Project Diva F para o ocidente, com aquele anuncio no Facebook para saber quantos estariam interessado no jogo para o ocidente.

Passou um tempo sem mandar noticias, mas mostrou interesse. Porém agora é oficial, a Sega vai lançar o jogo para o ocidente e já mostrou algumas imagens da tradução. Para os fãs de vocaloids do ocidente, esse é um jogo que você precisa ter no seu PS3.

Não gosto de vocaloids, mas como gosto dos jogos da Sega provavelmente é um jogo que gostaria de ter no acervo. Afinal a Sega deixou Hatsune Miku com aquele visual de arcade que eu gosto, onde vai exigir velocidade nos dedos e com o sistema de pontuação vai fazer você querer melhorar a sua jogabilidade (e records) para ir avançando no jogo.

O jogo vai chegar no mês de agosto, tanto na mídia física quanto a digital.

link: http://miku.sega.jp/info/0595

Posted in , , | 1 Comment

Eiyuu Senki chega para PS3 e PS Vita em setembro de 2013.


A empresa Tenko vai ganhar um jogo para PS3 e PS Vita justamente pelo 5pb, onde é a empresa responsável por lindas versões de visual novels para consoles como: Steins;Gate e Muv-Luv.

O jogo é um simulador de guerra onde você comanda grandes personagens históricos na sua versão moerizada; ou seja versão garotinha. A visual novel foi muito bem elogiada pelo seu sistema de estrategia, e fez muitos fansubs ficarem interessados na tradução do jogo.

Mas infelizmente a empresa Tenko pisou logo na ferida e impediu qualquer tradução ilegal de seu jogo acontecer. Enquanto isso a empresa está fazendo a possível continuação de seu jogo, que ainda não tem data de lançamento o Eiyuu Senki GOLD.

Posted in , , | 1 Comment

Ore no Imouto, sequencia do PSP vai ser traduzido.


Para aqueles que estão aguardando a tradução do jogo de Ore no Imouto para PSP, já podem ficar tranquilos; o segundo jogo vai ser traduzido.

Mais precisamente o Oreimo Tsuzuku Disc 2 está precisando de ajudantes para a tradução do jogo para PSP. O fansub anda traduzindo muito bem o jogo para o portátil da Sony, onde o patch pode ser jogado tanto no PSP quanto no emulador de PSP caso você não tenha o console.

Em contra partida para quem não quer jogar e só quer ver a historia da visual novel, temos o vlogueiro Dizzy (https://www.youtube.com/user/zidanechoo2) que mostra o jogo em legendas em inglês do youtube. Apesar que ele está colocando o jogo traduzido do PSP também no youtube para aqueles que não conseguiram o jogo.

Enfim para mais informações acesse o site do fansub, o projeto anda seguindo muito bem e isso pode atrair a atenção de futuros fansubs que desejarem fazer a traduções de outros jogos de PSP para o inglês. Afinal querendo ou não o PSP é um console de uma geração anterior ficando assim mais fácil traduzir os jogos, sem ter tanta repressão.

link: http://notcliche.com/ziddy/

Posted in , , | 2 Comments

Você é infantil?


A infância é um processo que todo o ser humano passa, depois vem a adolescência e em seguida a fase adulta. Depois vem a velhice e no fim a morte.

Esse é um processo natural, afinal nos envelhecemos e adquirimos conhecimento no decorrer de nossa jornada acadêmica e profissional. Mas tem um comportamento peculiar que todo jovem e adulto passa que é o tal do cara que é infantil.

Muitos atribuem um cara infantil como uma pessoa que age como um jovem, gosta de desenho e jogos. O conceito vai aumentando e você pode ser taxado de infantil inclusive por seus gostos, como gostar de coisas fofinhas, ser um brincalhão e ate ser ingenuo. Sejam sinceros todos nos ja fomos chamados de "infantil" ou ja chamamos alguém de "crianção" por determinada pessoa ter um comportamento que para nos, não é algo normal para uma pessoa daquela idade.

Mas isso não fica só no contexto de um adulto ou pré-adulto, crianças também querem se considerar mais adultas que outras por agirem mais rudes, ou terem gostos que muitos adultos gostam como futebol e pornografia.


O termo adulto nada mais é do que uma pessoa que atingiu a maioridade civil, esse é o significado. Porem o termo vai bem mais alem de acordo com a população. Queremos ser vistos como pessoas adultas, pelo fato de que um adulto consegue se sustentar sem ajuda dos pais, alem de trabalhar e ter sua independência e conseguir constituir sua própria família. Porem como foi perguntado na postagem "Você é infantil?" sabemos que mesmo um adulto pode ser taxado de infantil como todas as coisas que eu citei la em cima.

Gostar de desenho, quadrinhos, bichinhos de pelúcia e ate outras coisas como jogar pokemon e mario bros, na vida adulta, você pode ser taxado de infantil. Enfim para muitos isso torna uma pessoa infantil, mas uma pessoa realmente infantil na vida adulta é simplesmente um cara imaturo. Um adulto ou ate mesmo um jovem mais velho pode apresentar um bom nível de maturidade, responsabilidade e educação. Se ele gosta disso ou daquilo isso pouco importa desde que a pessoa seja responsável e maduro suficiente para viver em sociedade como um adulto.

Muita gente confunde ser um "adulto" com tamanho, gostos e ter um cigarro na boca. Sabemos que nossa juventude esta sexualmente mais ativa, aos 14 a 16 anos ja devem ter experimentado sua primeira experiencia sexual e falam de sexo de maneira muito liberal.


Podemos dizer que esse conhecimento para eles os tornam adultos, mas se você falar de um assunto que determinados jovens abominam eles agem de maneira rude e ignorante para aquele assunto.

Como você pode ser liberal num assunto e se considerar adulto, mas é imaturo o suficiente para outros assuntos e opiniões que vão contra o que você acredita? Ser jovem e criança não é problema. Todo mundo tem sua fase, não tem nada errado aproveitar cada fase e o amadurecimento acontece mais cedo ou mais tarde, a menos se você não buscar o seu próprio amadurecimento e evolução pessoal.

Inclusive no meio otaku temos essas discussões de quem é infantil. Temos otakus que se consideram adultos por verem Gantz e animes intelectuais como Death Note, e taxam de infantis quem gosta de Naruto e Pokemon por exemplo. Porem nada disso é que vai determinar se o otaku é uma pessoa adulta. Você ficar aborrecido por alguém falar que anime é desenho não é sinal de maturidade, muito menos ofender todo mundo que tem opinião contraria a sua na internet.


Considero esse assunto interessante a ser tratado, por isso dei minha opinião a respeito. Você não é obrigado a aceitar minha opinião. Porem se você quer alimentar o debate fique a vontade para comentar sobre o assunto, afinal esse é um tema que qualquer um ja presenciou, principalmente no meio otaku por gostar de desenho japonês.

Você não precisa gostar de determinada coisa para se considerar um adulto, muito menos ter medo e receio de ser chamado de pessoa infantil. Quem tem aversão ao infantil é quem tem a necessidade de se afirmar como adulto.

Posted in | 6 Comments

Ore No Imouto “HappyenD”. Jogo de idol com heroinas.


O novo jogo de Ore no Imouto que vai sair para PS3 vai apresentar uma jogabilidade diferente dos jogos convencionais.

O jogo de Ore no Imouto ga Konna ni Kawaii Wake ga Nai Portable para PSP foi o primeiro da franquia a apresentar uma narrativa de visual novel, onde você ia tomando decisões que vai determinar qual das heroinas da historia o protagonista vai pegar.





Só que neste novo jogo Ore No Imouto “HappyenD” ele vai se focar mais no lado "Idol" da historia. Alem dos elementos normais de visual novel como as CGs, o jogo vai ter os momentos com as heroínas fazendo posses para fotos, e assim elevar o seu nível de idol. Pelo que parece o jogo te da a possibilidade de decidir as roupas das personagens, fazendo assim você brincar de cosplay com as personagens e avançar no jogo.

Em relação aos jogos de PSP, esse vai apresentar uma narrativa bem diferente da sua versão portátil, onde pode não agradar muita gente. Mas os fãs da serie provavelmente vão gostar da nova proposta que o jogo tem, alem de aproveitar todo o poder gráfico que o PS3 pode proporcionar ao jogador.

Posted in | 2 Comments

Phantom of Inferno versão console vai ganhar port para PC.


A visual novel de Phantom of Inferno de XBOX360 vai ganhar uma versão para PC através de um port do console da Microsoft. Então o que podemos esperar é uma boa melhora nas CGs do jogo e também uma versão do jogo sem ser um eroge; a faixa etária do jogo vai ser para maiores de 15 anos.

Phantom of Inferno foi o primeiro jogo da Nitro+ que eu joguei, graças a tradução feita pela falecida Hirameki International, onde você joga o jogo através do seu DVD-Player. Você basicamente baixa o .iso do jogo e coloca num DVD DL (DVD de 8GB) faz a gravação e em seguida coloca no seu DVD-Player, ou pode jogar também pelo computador através de um leitor de .isos.

A versão que a Hirameki pegou do jogo em DVD-Player realmente existe, mas eles removeram as cenas de sexo do jogo, mas deixaram as cenas de violência intactas. Na historia do jogo, o seu protagonista acorda num calabouço sem se lembrar de nada. A primeira coisa que ele vê são os seus sequestradores que por algum motivo raptaram ele e que vão treina-lo para ser um assassino de primeira classe.

Como a Jast Usa tem posse dos direitos da Nitro+ no ocidente, pode ser possível no futuro ganharmos uma versão em inglês deste jogo. Enquanto isso, a nova versão para PC de Phantom of Inferno chega no Japão no dia 30 de agosto deste ano.

Posted in , | 2 Comments

Touhou 14 sendo traduzido.


Touhou é uma serie de jogos de shotting game que faz muito sucesso no Japão. Você pode ate não saber do que se trata, mas provavelmente você já viu varias fanarts na internet que usavam essas personagens.

O que posso dizer é que depois do Touhou 13 estou totalmente por fora do universo dos jogos de Touhou, acho que depois do ultimo jogo fiquei meio que desanimado com os novos jogos da franquia. E como normalmente acontece, sempre vem fansubs que traduzem o jogo das garotas magicas voadoras.

Apesar que jogar esse jogo em japonês não faz tanta diferença, afinal é um shotting game e os menus desse jogo sempre vem em inglês por padrão, então você não está incapacitado de jogar esse jogo em ambos idiomas.

Mas como existe o fã mais xiita que quer saber o que as garotas falam, e para descobrir a sua personalidade. Enfim a postagem serviu mais para lembrar que o 14ª jogo da franquia esta chegando ai para você ir quebrando seu teclado (ou joystique) para desviar da quantidade absurda de tiros que aparecem na tela do seu computador. No momento o fansub esta traduzindo o trial do jogo apenas, porém a tendencia é esse jogo assim que sair ser traduzido, se não for por ele será por outra pessoa.

Posted in , | 3 Comments

999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors vai ganhar versão para iOS.


O jogo "Kyokugen Dasshutsu 9-Jikan 9-Nin 9 no Tobira" é uma visual novel feita para o Nintendo DS no final do ano de 2009 e sendo lançado em inglês no ano seguinte com o nome de "999: 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors".

A visual novel tem aquele velho esquema de survival game. Algumas pessoas misteriosamente acabam parando num local, e para sobreviverem tem que completar desafios para sobreviver ao jogo. No caso dessa visual novel a historia fala sobre 9 pessoas onde cada uma delas tem braceletes com o numero de 1 a 9. A única coisa que os personagens sabem é que eles foram sequestrados por um homem chamado Zero e que eles tem 9 horas para sair desse local enquanto solucionam quebra-cabeças para ir prosseguindo no jogo.

O jogo conta com vários finais diferentes, alem dos bad endings necessários. Afinal se você falhar nos quebra-cabeças logicamente você vai morrer. Esse jogo esta ganhando uma versão para iOS no Japão, e uma versão para o ocidente já foi confirmada. Porém tem uma exceção ao jogo original, ele vem sem quebra-cabeça.

Tirar os quebra-cabeças de um jogo como esse é simplesmente tirar toda a imersão da aventura. É através de desafios que faz você adentrar na tensão do personagem, mas por um motivo desconhecido decidiram deixar esse jogo para iOS sem os desafios do jogo original. Eles só querem vender a historia e não o jogo como um todo, por medo acredito eu, de frustrar o jogador. Para jogadores que só querem ler a historia e não quer ter desafio a versão iOS é bem vinda, mas para quem quer ter a experiencia completa vai ter que ir para a versão de Nintendo DS.

Posted in , | 4 Comments

Phoenix Wright: Ace Attorney Trilogy HD chegou para iOS.


Um dos populares jogos da Capcom que originalmente saiu para GBA e passou para o Nintendo DS vai ganhar uma versão especial para o iOS.

O Phoenix Wright HD é uma junção dos 3 primeiros jogos da serie em versão HD resmaterizada, fazendo assim o jogo ficar bem mais bonito que a versão feita para o Nintendo DS. Então para você que tem um iPhone ou que nunca jogou o jogo, essa versão vai ter uma qualidade de imagem e sprits bem superior a versão original, sendo perfeito para quem nunca jogou a serie começar por essa versão em HD da franquia.

No momento nenhuma versão para Android foi anunciada o que é uma pena.

link: https://itunes.apple.com/br/app/ace-attorney-phoenix-wright/id365681816

Posted in , , | Leave a comment

Gameplay de games no Youtube é algo ilegal?


Faz um certo tempo que surgiu essa polemica, mas estou afim de expressar minha opinião em relação a esse assunto. Não faz muito tempo que houve uma decisão que a Nintendo fez, onde os vídeos que tivessem gameplay de seus jogos seriam removidos, fazendo assim muita gente reclamar na internet.

Porem a historia não parou por ai. A Nintendo com o Youtube fez que todo vídeo que ganhava dinheiro com a imagem da empresa foste transferido para a conta da Nintendo. Ou seja, se seu vídeo com você jogando New Super Mario Bros U estiver ganhando dinheiro e você fatura R$ 120.00. Esse dinheiro não vai para você, vai para o banco da Nintendo.

Absurdo? Será mesmo? Esse assunto é polemico, afinal você fazer um gameplay na internet onde você ganha dinheiro em cima disso, você esta ganhando dinheiro em cima de uma obra que não é sua. As empresas no geral não gostam dessa pratica dos vlogueiros que fazem isso, só que foi a Nintendo a ser a primeira a dar a porrada. Mesmo isso sendo novidade para a maioria das pessoas, a remoção de gameplay é bem normal no mercado de Visual Novels.


A Nintendo assim como uma parte das empresas de Visual Novel tem uma certa paranoia com direitos autorais. E assim com jogos normais, tem vlogueiro que mostra toda a visual novel no youtube para você assistir completamente o jogo. Empresas de visual novel costumam perseguir quem faz essa pratica, removendo os vídeos sem do.

Um bom exemplo disso é a Key. Como a Key tem uma quantidade forte de fãs no ocidente, os jogadores costumam mostrar toda a historia do jogo para o usuário ver pelo youtube. A grande perseguição começou depois que Little Busters! foi completamente traduzido para o inglês, e muitos vídeos que estavam com a tradução em inglês foram removidos por violação dos direitos autorais.

Pode parecer uma medida até agressiva, mas as empresas tem o direito de fazer isso. Muitos vem com a desculpa que o gameplay que as pessoas fazem na internet servem para elas decidirem se vão comprar o jogo ou não. Mas a própria empresa dos jogos mostra o gameplay e trailer do jogo, pelo menos pra mim gameplays na internet não servem para me alimentar em conteúdo. A única coisa que vejo é um bando de garoto querendo ganhar dinheiro fazendo vídeos de Minecraft na internet, não consigo ver utilidade nisso.

Gosto não se discute, mas o que tem de interessante ver alguém jogando? É melhor jogar e pronto. Postar vídeos no youtube da pessoa jogando é algo até normal, mas antigamente a pessoa mostrava ela descobrindo um segredo ou matando o chefe final ou simplesmente um momento engraçado no jogo. E não tentar ganhar dinheiro em cima do trabalho dos outros.


Mas cada um faz o que bem entender na internet, não estou empurrando minhas convicções em cima de ninguém mas essa medida esta violando os direitos autorais da empresa. Porém relevar as vezes é bom, e temos varias provas de que levar o direito autoral a nível dogmático gera situações bastante problemáticas.

Uma empresa de visual novel impedir que o gameplay inteiro de sua visual novel saia no youtube é uma medida que na minha opinião considero coerente. Sabemos que visual novel é um jogo constituído exclusivamente da leitura, então você esta meio que tirando futuros jogadores, afinal eles já leram todo o jogo no youtube pra que comprar e instalar o jogo no meu PC?

E para certos jogos sem ser no quesito visual novel podem sair muito prejudicados. Um bom exemplo é Metal Gear Solid onde é um jogo que você joga 10 minutos a cada 2 horas de cutscene. Para quem nunca jogou Metal Gear Solid é um jogo que ele procura passar mais uma historia do que o gameplay em si. Você vai ficar mais tempo vendo cutscene do que jogando. Então para quem quer so saber da historia, pode muito bem só ver o vídeo no youtube.


No caso da Nintendo não vejo tanta necessidade para esse medida. Afinal os jogos de Nintendo envolvem mais o gameplay do que as cutscenes e jogos com aquele teor cinematográfico. Um jogador que assiste gameplay de jogos da Nintendo não vai deixar de comprar o jogo por causa disso. Porém o youtube da essa possibilidade para as empresas de games, e querendo ou não, a Nintendo tem o direito de fazer isso.

Principalmente se tem pessoas que estão ganhando dinheiro em cima do nome dela. Enfim vejo muitas opiniões contra e a favor dessa medida contra vlogueiros de gameplay. Dizem que o PS4 vai ter o sistema de gravar e postar vídeos de você jogando. Mas ninguém se pergunta se com esses vídeos vai ser possível ganhar dinheiro com publicidade, se for vai ter vlogueiro que vai usar outro método, disso tenha certeza.

Enfim você é a favor dessa medida das empresas, ou não vê necessidade disso? Expresse sua opinião e vamos alimentar o debate.

Posted in , , | 6 Comments